Magritte

O museu Magritte existe no local desde 2009. Lembro-me de o ter visitado noutro edifício há muito tempo. Está muito pedagógico e com um percurso ideal para se compreender a sua obra. René Magritte é um dos pintores que mais gosto. Não conhecia, contudo, o seu impacto como pintor de cartazes. A sua obra divide-se em três períodos principais: 1) 1898-1929, período desconstrutivista e primeiras obras surrealistas, 2) 1930-1950, trabalho de publicidade, aproximação ao partido comunista, pleno surrealismo, 3) 1951-1967, trabalho de repetição de grandes imagens como Empire des Lumières e Domain d’Arnheim [quadro de Francis Picabia em fundo].


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *