A IRENE TAMBÉM ESTÁ NAS MANOBRAS

“Manobras no Porto é um programa de acção e de construção colectiva, que desafia cidadãos comuns e agentes culturais para intervir no presente e no futuro do Centro Histórico da cidade através de iniciativas de criatividade urbana, nas quais se cruzam o popular e o erudito, o tradicional e o alternativo, o efémero e o duradouro” (Manobras no Porto).

Quanto a Miragaia, onde mora a Irene do cartaz, o projecto intenta “a produção de uma exposição e um filme documentário sobre a relação que as pessoas que habitam e/ou vivem a freguesia têm com ela”, focando as “expectativas e desejos que as pessoas têm para o futuro de Miragaia”. A procura vai decorrer até 26 de Setembro e o local de encontro é o Grupo Musical de Miragaia, Rua da Arménia 10/18, no Porto. O teatro é um dos pontos fortes da actividade que se prolonga até 2012.

Já não vejo a Irene há cerca de 25 anos. Foi com emoção que vi o cartaz das Manobras com a sua fotografia. Lembrei-me de uma excursão etnográfica e arqueológica à Grécia, onde vimos a cultura e as gentes de um país encantador (neste momento, como Portugal, a braços com uma gravíssima crise financeira). Mulher popular e extrovertida, muito amiga dos outros e a ilustrar a igualdade multicultural de Miragaia, creio ter partido dela um lamento por estarmos a ver pedras em excesso (antiquíssimos santuários em diversos locais do Peloponeso). De vida regrada, com um emprego a render muito pouco dinheiro e a obrigá-la a poupanças permanentes, mantém os mesmos traços não austeros mas de grande sensibilidade, agora com cabelos muito mais brancos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.