A GERAÇÃO EXTREME SEGUNDO INÊS TEIXEIRA-BOTELHO

Inês Teixeira-Botelho escreve que “os actuais jovens não tiveram que se adaptar às novas tecnologias porque nasceram no meio delas: são nativos digitais”. Os outros, os mais velhos, migraram, e por isso, têm de trabalhar mais, de fazer um esforço mais árduo para as compreender e manipular. O livro, continua a autora, foi escrito por uma nativa digital que desenvolveu uma investigação científica (sociológica) sobre o uso do telemóvel.

Geração Extreme é sobre os jovens que usam telemóveis pré-pagos e com tarifários sem mensalidade para quem esteja numa rede de telemóvel, caso do Extreme para a Vodafone, do Moche para a TMN e do Tag para a Optimus, os três operadores de telecomunicações móveis em Portugal. Além da economia, há um segundo e igualmente pertinente factor: o grupo de amigos ao aderir a uma dessas redes integra ou expulsa os elementos que não pertençam ao mesmo grupo da rede de telecomunicações (pp. 39-40).

Retiro alguns subtítulos do livro desta jovem escritora e investigadora social: fim dos gastos em telemóvel, uso de novas funcionalidades, utilização urgente, reciprocidade, fim dos velhos costumes como o toque (que constituiu uma receita considerável nas comunicações móveis dos anos mais recentes), comunicação impulsiva, troca de opiniões, novas exigências na coordenação, armazém de memórias e número de telefone como extensão do eu. Escrita optimista, disse um dos apresentadores da obra, retrato da vida tecnológica de hoje e os seus usos pelos jovens, observou outro, o mais bem escrito livro sobre telemóveis em Portugal, foi acrescentado.

Inês Teixeira-Botelho tem o mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade Católica Portuguesa. O livro, editado pela Sílabo e patrocinado pela Vodafone, foi apresentado hoje ao fim da tarde no El Corte Inglés, em Lisboa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.