Mais sobre as rádios livres

Há 30 anos, o país discutia a legislação das rádios livres. Um dos animadores do movimento das rádios livres foi António Colaço, primeiro na Rádio Antena Livre (Abrantes) e depois na Rádio O Ribatejo (Santarém). Ele foi um grande animador de encontros das rádios e artífice da emissão em cadeia (17 de novembro de 1988, com cerca de duas centenas e meia de rádios com RM sobre temas da sua freguesia, concelho ou distrito).

Na entrevista que lhe fiz a semana passada, António Colaço recordaria outros pioneiros do movimento das rádios livres, como João Duarte Soares, Daniel Guerra, Antonio Silva Oliveira e Bernardino Guimarães. E Pedro Rolo Duarte (semanário Sete) e Amílcar Mascarenhas.

Outra entrevista a António Colaço, no livro organizado por Ana Isabel ReisFábio Ribeiro e Pedro Portela (2014, capa ao lado), pode ser lida aqui aqui. Junto ainda parte do artigo de Kathleen Gomes (Público, 24 de dezembro de 1998) e artigo de António Colaço (O Ribatejo, 21 de novembro de 1996).



Citar este post
Rogério Santos (2018, 31 Janeiro). Mais sobre as rádios livres. INDÚSTRIAS CULTURAIS. Recuperado em 17 de Maio de 2024, de https://doi.org/10.58079/qca3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.